Arte

Publicado em agosto 31st, 2014 | por Wagner Novaes

0

File SP 2014 – No rastro digital

Esse ano tive a oportunidade de ir no FILE (Festival Internacional de Linguagem Eletrônica) que acontece uma vez por ano em São Paulo. Sempre quis muito ir a um FILE, mas sempre fui deixando de lado, pensando que ia estar lotado, até enfim perder a data e ficar com aquele arrependimento até o próximo evento.

filesp2014“A 15ª edição do FILE – Festival Internacional de Linguagem Eletrônica em São Paulo é realizada este ano de 26 de agosto a 5 de outubro no Centro Cultural FIESP – Ruth Cardoso, na avenida Paulista, 1313. O festival ocupa quatro espaços desse local: a Galeria de Arte, a Galeria de Arte Digital do SESI (fachada do prédio), o Espaço FIESP e o Espaço Mezanino, além da calçada das estações de metrô Consolação, Trianon-Masp e Brigadeiro. A participação em todas as atividades do festival é gratuita.”

Logo ao entrar, você se depara com um ambiente inspirador que te chama para todos os lados, é muito difícil escolher a primeira instalação a ser vista, por isso vou comentar alguns projetos dos quais mais gostei de ver aqui, o legal é ir e conhecer os trabalhos que causam sensações únicas a cada um que visita.

Vi uma parede branca com alguns desenhos da Alice no País das Maravilhas, aparentemente tudo normal, apenas desenhos estáticos, mas é claro que não era simplesmente aquilo, o trabalho dos japoneses Takeshi Mukai, Kei Shiratori & Younghyo Bak chamado de ARART precisa de um aplicativo para fazer as imagens na parede se moverem na tela do seu smartphone ou tablet, quando descobri corri para testar e é muito bacana ver algo “morto” tomar vida na sua mão. Lembra muito o que já conhecemos como Realidade Aumentada, só que de uma maneira muito mais interessante.


 

filesp2014_arart




Swamp – Supermajor de Matt Kenyon dos Estados Unidos é uma prateleira de metal com latas velhas de óleo que parecem estar urinando em um vaso sanitário a sua frente (desculpa, essa foi minha sincera impressão), são gotas que “caem” exatamente do mesmo tamanho, coloquei aspas, porque se você olhar atentamente, as gotas estão indo em sentido inverso, ou seja, estão voltando para a lata.

filesp2014_swamp


A última a ganhar destaque aqui é a obra dos russos Dmitry & Elena Kawarga chamada Down with Wrestlers with Systems and Mental Nonadapters! Essa vou utilizar a descrição usada no site do FILE que achei sensacional: “Uma pessoa deve correr em uma esteira para dar início ao processo (um mecanismo social). Por um lado, a pessoa sente-se como Deus, pois o movimento do mecanismo depende de seus passos, mas por outro, ele é apenas mais uma figura entre outras. A consciência dos visitantes é dividida – a sociedade absorve cada um de nós? Ou nós mesmos nos absorvemos nesse mecanismo escravizador?”.

filesp2014_dmitry




Além de tanta coisa bacana tem alguns jogos indies e premiados para jogar a vontade, na foto abaixo eu experimentei “Papo & Yo”.

E existe também o FILE GAMES que é organizada no andar de baixo e traz alguns jogos experimentais que podem ser jogados lá na hora diariamente das 10h às 20h.

Enfim, não postei aqui 1/3 do que tem lá, vale muito a pena ir lá conferir, é gratuito, nesse link você encontra os detalhes de todas as obras.

Tags: , , , , ,


Sobre o autor

Sempre acho uma banda nova para ouvir, vejo séries na velocidade da luz e assisto filmes quando estou dormindo no sofá.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top ↑