Sobre se mudar S01E01 Decisão e Loucura
Geral

Publicado em março 8th, 2015 | por Wagner Novaes

0

Sobre se mudar S01E01
Decisão e Loucura

Não é de ontem que sempre tive vontade de morar sozinho. A idade vai chegando, os 30 ficando mais próximos a cada dia e o corpo automaticamente quer se desvincular do conforto do lar dos pais.

Comprar apartamento em São Paulo tá caaaro, ô cidade cara! Custo de vida em São Paulo está cada vez mais absurdo, assim como outras metrópoles brasileiras, tá fueda sobreviver. Alugar acabou sendo a saída (não mais barata) mais viável para resolver esse anseio por espaço, privacidade, evolução… emancipação. Claro que antes rolou todo aquele trabalho psicológico de saber que a grana do aluguel tá indo pelos ares, que poderia ser investido em algum financiamento e tudo mais. Esse trabalho precisou ser intenso, já que vi meus pais sofrerem muito tempo com aluguel e demorarem pra ter seu cantinho próprio.

Processed with VSCOcam with se2 preset

(Osasco com os dias contados)

Coloquei uma meta! Final de 2014 até no máximo no final do primeiro semestre de 2015 eu teria me mudado! Independente do lugar que estivesse trabalhando, deixei todos os poréns de lado e comecei a busca por uma goma pra chamar de “minha”, baixei Imóvelweb, Zap Imóveis, tudoquantoqueé app e dei início aos agendamentos de visitas aos sábados. Queria alguma coisa no centrão bucólico de SP, gosto muito da arquitetura de lá, é próximo de tudo e é cool, não é à toa que o valor da kit antiga e estragada, sem área de lazer e vaga na garagem é o mesmo de um apartamento de um tamanho razoável na ZL, ZS de São Paulo com todos esses adicionais que a kit não tinha. Não cheguei sozinho a essa conclusão foi no meio dessa história toda que eu conheci a Thaís.

Uma das nossas primeiras conversas foi essa, sobre morar sozinho, lembro de ficarmos indignados de como as pessoas conseguiam tão fácil e porque pra gente tinha que ser tão o oposto, foi nosso drama durante um tempo. Éramos ainda ~brothers~ e combinamos sem pretensão nenhuma (aham) de morar junto “vamos rachar que fica melhor, mais leve”.  Isso tudo foi mudando depois que começamos a nos envolver sentimentalmente, morar junto se tornou um algo estranho, estava cedo demais pra morar com alguém que estou apaixonado e ainda não conheço muito bem… O que fazer? Adiar a procura de apartamento? Nop, continuei na mesma e pedindo sugestões afinal eu era de Osasco e não conhecia muito bem algumas regiões, foi ai que comecei a desencanar do centrão.

Processed with Moldiv Processed with VSCOcam with hb1 preset

(Foto da Tha usando meu óculos quando nos conhecemos).

Fui procurar então apartamentos na ZL cheio das segundas intenções, já que a Tha trabalha na ZL e eu na ZS, eu teria que atravessar a cidade toda pra chegar no meu trabalho e ela estaria mais próxima do dela o que significava mais visitas, logo, mais tempo por lá e com o passar do tempo, sem perceber, ela estaria morando comigo. Sou louco? Sim ou com certeza? Eram menos de 2 fucking meses, quem já pensa nisso tudo? Eu! Ted Mosby, prazer!

Um belo dia estávamos no Pinu, um bar que adoramos e fica próximo ao aeroporto de Congonhas, onde servem a melhor porção de carpaccio, alias, recomendo muito, preço honesto, cerveja gelada e gordices aos montes. Nesse dia resolvi contar a Tha que uma amiga do trabalho estava alugando um quarto na casa dela a um preço imbatível, essa era a minha chance de morar “sozinho” a um custo não abusivo e aproveitar ao mesmo tempo para medir a sua reação ao saber disso, confesso que foi um tipo de jogo sim, não gosto deles, mas dessa vez se fez necessário para entrarmos de vez nesse assunto de forma direta e aberta.

No primeiro instante a reação foi me apoiar todo tempo com apenas uma ressalva: “você sabe que morando lá, as regras vão ser as dela e etc”, nesse momento resolvi abrir o jogo de vez, falei que desde o começo queria mesmo é morar com ela! Não parava de pensar nisso e como era cedo demais fiquei na minha e para a surpresa geral de toda a nação, ela pensava a MESMA coisa! Desde o começo, toda aquela sintonia se confirmava lindamente e se concentrava muito naquele dia, PQP! A partir dai começamos a namorar e planejar as coisas pra ONTEM, pois somos duas pessoas ansiosas.

11063268_1075760445774027_674355386_n

(era pra eu ter feito careta nessa foto, falhei na missão)

Foi mais ou menos assim que resolvemos trocar o sozinho pelo junto! Decisão atrelada a uma loucura incontrolável por querer estar junto, arriscar se jogar e apostar as fichas, descobrir você em alguém é valioso demais para ser desperdiçado! Dedicação e amor tem de sobra e esta dando super certo obrigado! E sim o amor é brega!

Esse ano eu e o Rob resolvemos deixar o blog com alguns assuntos pessoais (além do conteúdo que já postamos), por isso resolvi tornar essa experiência pública. Pretendo continuar postando as histórias sobre morar sozinho, desde a peregrinação pela busca do apartamento até os pequenos percalços do dia a dia, além das gordices e coisas boas disso tudo. Para isso, precisei apresentar a Tha, que estará presente em toda essa “série” também.

 

Tags: , , , ,


Sobre o autor

Sempre acho uma banda nova para ouvir, vejo séries na velocidade da luz e assisto filmes quando estou dormindo no sofá.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top ↑